Lucro com vacina para empresários teria financiado compra de carro

A Polícia Federal suspeita que o filho da falsa enfermeira suspeita de aplicar vacinas contra covid-19 às escondidas em empresários de BH pode ter comprado um carro de R$ 60 mil com o lucro do negócio.

O veículo, um Ford Ecosport branco, foi encontrado na capital mineira, nesta terça-feira (6). O carro foi apreendido e levado para a sede da PF, onde vai seguir até a conclusão da investigação.

Igor Torres de Freitas, filho de Cláudia, foi indiciado pela Polícia Federal, nesta segunda-feira (5), por organização criminosa e falsificação de medicamentos. Os investigadores suspeitam que ele fazia parte do esquema. Um empresário apresentou um comprovante de transferência bancária para a conta dele. Júnior das Dores Guimarães, cunhado de Torres e motorista da falsa enfermeira, também foi indiciado pelos mesmos delitos.

Veja também: Motorista de falsa enfermeira em MG ostentava dinheiro em vídeos

A reportagem tenta contato com os advogados da família para comentar sobre o caso. A defesa já havia alegado que eles iriam cooperar com as investigações.

Os delegados ainda apuram se as vacinas eram verdadeiras. Até o momento não foram encontrados imunizantes contra covid-19 com os suspeitos. Outros empresários também teriam sido vacinados em prédios de luxo na capital mineira.

Fonte noticias.r7.com/saude