Eleições no Chile serão realizadas em 2 dias para evitar aglomeração

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, promulgou neste domingo (14) uma lei permitindo que as eleições de 11 de abril para cargos municipais, regionais e constituintes, sejam divididas em dois dias, medida que visa evitar novos casos em meio ao agravamento da segunda onda da pandemia da covid-19.

Leia também: Chile se torna país com a vacinação mais rápida no mundo

As eleições em que chilenos elegerão governadores regionais — cargo que será decidido pela primeira vez nas urnas, já que agora são indicados pelo presidente —, prefeitos, vereadores e constituintes para redigir uma nova Constituição serão realizadas desta forma em um sábado e domingo e os cidadãos poderão escolher em qual dia votar.

“Dada a existência de quatro eleições e mais de 15,4 mil candidatos, o ato de votar levará três ou mais vezes o tempo necessário para votar no plebiscito de outubro. Consequentemente, em um único dia todos os cidadãos simplesmente não teriam podido votar”, disse o presidente.

Pelos cálculos do governo, o tempo médio de votação em uma eleição é de 1 minuto, mas no chamado “super domingo” seria de 4 minutos, pois são muitas cédulas que o eleitor terá de lidar e é muito tempo que previsivelmente permanecerão nas mesas de votação.

“É a eleição com o maior número de candidatos na história do Chile”, acrescentou Piñera, explicando que haverá uma única contagem de votos no domingo e que as urnas serão lacradas e guardadas durante a noite de sábado pelas Forças Armadas.

O Chile, que hoje registrou pelo quarto dia consecutivo mais de 5 mil novos casos e já totaliza 891.110 infectados e 21.674 mortes por covid-19 em um ano, está imerso em uma segunda onda após as férias de verão, com a capital Santiago confinada no final de semana e com grandes cidades como Valparaíso e Concepción em quarentena total também durante a semana.

“Para fortalecer a nossa democracia, convido sinceramente a todos os cidadãos a participarem nas eleições no sábado, 10 e no domingo, 11 de abril. E faço um apelo muito especial aos idosos”, insistiu o presidente.

Com 78,2% dos votos, o Chile decidiu em plebiscito em outubro do ano passado substituir a atual Constituição, herdada da ditadura militar de Augusto Pinochet e criticada nas graves manifestações de 2019, por promover a privatização de serviços básicos.

Uma convenção constitucional composta por 155 membros, com paridade de gênero — algo inédito no mundo — e representação indígena, se encarregará de redigir o novo texto.

Fonte noticias.r7.com/saude

Cresce a pressão pela saída de Pazuello do Ministério da Saúde

A pressão pela saída do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, aumentou nos últimos dias na capital federal. Investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) e na mira de parlamentares do centrão que buscam emplacar um nome na pasta, o general tem sua continuidade no governo ameaçada em meio aos recordes sucessivos de mortes por covid-19 no País.

Corre nos corredores do Planalto a notícia de que Pazuello pode pedir para deixar o cargo. Se confirmada a informação, o general da ativa do Exército será o terceiro titular da pasta a deixar o cargo em menos de um ano.

O R7 contatou a assessoria de imprensa da pasta, que não confirmou nem negou a informação, dizendo que prepara uma nota oficial sobre o tema. 

Conforme o  blog de Christina Lemos, uma das alegações para o eventual afastamento do ministro seriam problemas de saúde. Pazuello, que teve Covid, estaria apresentando tosse e cansaço, mas mantém a agenda de trabalho. Determinou à assessoria que marque uma entrevista coletiva para esta segunda-feira, para tratar da situação de combate à pandemia no Acre e em Rondônia.

O militar especialista em logística seria substituído por alguém da área de saúde. A cardiologista Ludhmilla Abrahão Hajjar e o presidente da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), Marcelo Queiroga, seriam dois nomes cotados para o cargo – o segundo com menos força.

Ao R7, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência do Palácio do Planalto confirmou que a cardiologista e intensivista Ludhmila Hajjar, de 42 anos, reuniu-se com Jair Bolsonaro na tarde deste sábado (14).

O presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), afirmou em rede social que o “enfrentamento da pandemia exige competência técnica” e, principalmente, “uma ampla e experiente capacidade de diálogo político, pois envolve todos os entes federativos, o Congresso, o Judiciário, além do complexo e multifacetado Sistema Único de Saúde”.

Ludhmila é diretora de ciência e tecnologia da Sociedade Brasileira de Cardiologia e coordenadora das UTIs de cardiologia do InCor (Instituto do Coração) e do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, sendo considerada o braço-direito do cardiologista Roberto Kalil Filho, um dos nomes mais respeitados da cardiologia no país.

Também é professora associada da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), da disciplina de cardiologia. Não tem histórico político, mas atua na linha de frente do enfrentamento ao novo coronavírus. Ela é contra cloroquina e a favor da vacina contra covid-19.

Na sequência de tuítes, Lira elogiou o nome da profissional, colocou-se à disposição caso seja o nome dela seja realmente escolhido por Bolsonaro e enfatizou que a médica reúne as qualidades necessárias para assumir o posto.

“Coloquei os atributos necessários para o bom desempenho à frente da pandemia: capacidade técnica e de diálogo político com os inúmeros entes federativos e instâncias técnicas. São exatamente as qualidades que enxergo na doutora Ludhmila”, postou o chefe da Câmara.

No sábado à noite, o presidente da República, Jair Bolsonaro, se reuniu com ministros da ala militar do governo no Hotel de Trânsito de Oficiais do Exército, onde mora Pazuello.

Além do ministro da Saúde, participaram da conversa os ministros Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, Braga Netto, da Casa Civil, e Fernando Azevedo, da Defesa. Todos são generais do Exército da reserva, à exceção de Pazuello, que permanece no serviço ativo.

A reunião ocorreu de última hora e não constava na agenda do presidente e dos ministros. Eles deixaram o local sem dar declarações à imprensa.

Apesar de os ministros palacianos garantirem nos bastidores que o presidente apoia a permanência de Pazuello, aumenta a cada dia a pressão política pela troca.

Ele é alvo de investigações no STF pela crise no sistema de saúde e tem sido cada vez mais contestado no Congresso. Partidos, como o Progressistas, aliado com o Centrão a Bolsonaro, cobiçam emplacar um nome na pasta.

O governo trabalha para conseguir o mais rápido possível ampliar a quantidade de vacinas disponíveis para prevenção da covid-19, mas o País bate recordes de mortos e infectados a cada semana, ao passo que Pazuello tem sido obrigado a rever para baixo a previsão de vacinas disponíveis neste mês.

No sábado, o ministro manteve reunião com governadores do Nordeste – em sua maioria de oposição a Bolsonaro. Eles anunciaram a compra de 37 milhões de doses da vacina russa Sputnik V contra a covid-19 e fizeram acordo com o governo federal para que as doses passem a ser consideradas parte do Plano Nacional de Imunização.

Um novo cronograma de entrega de imunizantes foi apresentado aos chefes dos executivos estaduais.

Fonte noticias.r7.com/saude

Responsável por cassino de luxo em São Paulo é autuado em flagrante

O responsável pelo cassino clandestino de luxo na Vila Olímpia, bairro nobre da zona sul de São Paulo, foi autuado em flagrante e vai responder por infração de medida sanitária preventiva. Na rua Alvorada, a Polícia Civil flagrou na madrugada deste domingo (14) cerca de 200 pessoas participando do evento apesar das restrições impostas após o agravamento da pandemia de covid-19.

Entre os frequentadores estavam o funkeiro MC Gui e o atacante do Flamengo, Gabriel Barbosa, conhecido como Gabigol.

A ação foi deflagrada por agentes do Dope (Departamento de Operações Policiais Especiais) em um local onde havia aglomeração de pessoas que estariam desrespeitando as normas sanitárias, consumindo bebidas alcoólicas e jogando.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, no endereço os policiais flagraram grande quantidade de materiais próprios para jogos de azar, além de notebooks, máquinas de cartão de crédito, máquina contadora de cédulas, documentos, anotações e R$ 2.300 em dinheiro.

Equipes do Instituto de Criminalística periciaram o local, que também foi lacrado e interditado pela prefeitura. Frequentadores e funcionários foram dispensados por ordem da Vigilância Sanitária para evitar aglomerações.

O responsável foi autuado e os demais frequentadores serão investigados. A ocorrência foi registrada como infração de medida sanitária preventiva na 1ª Divisão de Investigações sobre Infrações Contra a Saúde Pública, do DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania).

A investigação vai continuar, segundo a polícia, para apurar também o crime de jogo ilegal.

Fonte noticias.r7.com/saude

Operação em SP tem 25 detidos e interdita quatro estabelecimentos

A operação de fiscalização contra festas e aglomerações em São Paulo terminou com 25 pessoas detidas, sete estabelecimentos comerciais autuados e quatro interditados. Em uma das ações foi fechado um cassino clandestino de luxo na Vila Olímpia, onde 200 pessoas participavam do evento, entre elas o jogador do Flamengo conhecido como Gabigol e o funkeiro MC Gui.   

Para tentar conter a rápida propagação no novo coronavírus, a partir desta segunda-feira (15), o governo vai adotar regras ainda mais rígidas em todo o estado e toque de recolher entre 20h e 5h na chamada fase emergencial.

Entre a noite de sábado (13) e madrugada de domingo (14), foram abordadas 29.751 pessoas, sendo 25 detidas, segundo o governo. Foram vistoriados mais de 44 mil veículos, 367 foram recuperados e a Polícia Militar localizou 78 procurados.

A Vigilância Sanitária Estadual inspecionou 34 estabelecimentos comerciais, dos quais sete foram autuados e quatro interditados. As ações ocorreram nos bairros Vila Nova Conceição, Ibirapuera, Paraíso, Vila Mariana, Freguesia do Ó, Pompeia, Perdizes, Vila Olímpia, República, Brooklin e Panamby.

Fiscalização

A operação foi realizada pela Vigilância Sanitária em conjunto com o Procon-SP e as Polícias Militar e Civil. O objetivo era coibir eventos clandestinos, aglomerações e pancadões no estado, uma vez que houve o aumento de casos, mortes e internações por covid-19 e os hospitais já estão sobrecarregados.

A força-tarefa flagrou eventos irregulares, como a aglomeração de cerca de 200 pessoas em uma casa de jogos de alto padrão na Vila Olímpia. Os frequentadores estavam sem máscara, consumindo bebida alcoólica e desrespeitando as regras de distanciamento social.

De acordo com o governo, a Polícia Militar atuou de forma preventiva em diversos pontos da capital, como na avenida Giovani Gronchi, Praça Roosevelt, Paraisópolis, avenida Vieira Carvalho, rua Peixoto Gomide, avenida Jacu Pêssego, rua Rui Barbosa, avenida Paulista, rua Conselheiro Lafayete e estações do Metrô Vila Prudente, Penha e Carrão. 

Até o momento, o Procon fiscalizou 776 estabelecimentos que prestam atividade não essencial – como bares, baladas, restaurantes, lanchonetes – e autuou 104 (13,4% do total) por desrespeito às determinações do governo. As empresas são autuadas e podem ser multadas em até R$ 10,2 milhões de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Fonte noticias.r7.com/saude

Aprender com o inesperado

Quando o mundo é previsível e tudo que existe nele se comporta como esperado, a nossa atenção diminui, pois tudo acontece como imaginamos. Não há surpresas. No entanto, quando ocorre um evento repentino que quebra as nossas expectativas, prestamos o máximo de atenção possível e, em alguns casos, podemos aprender com o inesperado.

Assim, pode-se afirmar que não há aprendizagem sem atenção e que a atenção é facilmente direcionada para o que nos surpreende. A surpresa é, portanto, muito mais fácil de memorizar ou, pelo menos, de capturar a nossa atenção ou interesse.

Neste artigo, analisaremos o que é e como aprender com o inesperado. Descobriremos também que essa capacidade está presente quase desde o nascimento e que, sem dúvida, é uma alternativa às concepções clássicas de aprendizagem. Alguns psicólogos e pedagogos levam esses processos em consideração.

Aprender com o inesperado: conceitos gerais

Às vezes, a ciência não progride pelo curso normal da lógica. Curiosamente, exatamente a mesma coisa acontece com os humanos: aprender com o inesperado costuma ser muito mais eficiente do que aprender com um mundo previsível.

Nessa linha, as pesquisadoras Stahl, A. e Feigenson, L. (2015) publicaram um artigo na revista Science em que descrevem esse fenômeno. Além disso, elas explicam que bebês de 11 meses ficam entediados quando o mundo e os objetos se comportam de maneiras previsíveis.

As autoras observaram que os bebês paravam rapidamente de prestar atenção a uma bola que se movia de forma previsível. Porém, em uma condição experimental diferente, eles focavam muita atenção em uma bola que se movia de forma incomum, inclusive atravessando paredes. 

Bebê brincando no chão

Já nascemos cientistas

De alguma forma, ao nascer, parece que já nos comportamos como cientistas. Nesse sentido, os bebês que participaram do referido estudo não se limitavam a aprender com o inesperado (como aconteceu com a bola que atravessou as paredes), mas também queriam interagir com aqueles objetos de comportamento inesperado.

Assim, da mesma forma que os cientistas ao observar um fato querem testar as suas hipóteses para vivenciar o que acontece, os bebês também se comportam de maneira semelhante.

Por exemplo, quando os bebês viam a bola atravessar a parede, eles tentavam pegá-la. Além disso, uma vez com ela nas mãos, eles a apertavam e batiam. Queriam verificar se era um objeto sólido? Queriam interagir com a bola?

Em outra condição experimental, os bebês viram uma bola se mover e passar por um buraco, mas sem realmente cair nele. Qualquer um esperava que a bola caísse pelo buraco, mas não aconteceu. Isso foi totalmente inesperado para os bebês.

Nesse caso, assim que tiveram oportunidade, os bebês foram até a bola e começaram a experimentá-la, jogando-a várias vezes no chão, como se quisessem verificar se obedecia às leis da gravidade. Não é surpreendente?

Os mistérios de aprender com o inesperado

Para a ciência, os mistérios de aprender com o inesperado ainda estão longe de ser explicados. Por que isso acontece? Temos algum tipo de programação inata para entender as leis da física? Essa questão geraria um debate acalorado entre inatistas e ambientalistas. Quem terá razão?

É bastante surpreendente que os bebês nesta idade pareçam detectar o que desafia as leis da física. Não só isso: eles também tendem a explorar e tentar entender eventos “fisicamente” inesperados.

Assim, nas pesquisas das autoras citadas, parece estar demonstrada a existência de leis inatas da física, visto que é extremamente improvável que bebês dessa idade possam fazer inferências lógico-causais como se tivessem um raciocínio avançado.

Bebê brincando com bolas

Conclusões sobre o fenômeno de aprender com o inesperado

Conforme aponta o estudo supracitado, as principais conclusões sobre o fenômeno de aprender com o inesperado podem ser resumidas da seguinte forma:

  • Os bebês tentam aprender mais sobre o novo, o inesperado, sobre aquilo que quebra os seus esquemas. Além disso, eles parecem discriminar entre o que é previsível e o que é inesperado.
  • Na verdade, parece que os bebês podem fazer previsões sobre o que acontecerá com um objeto, de modo que, se algo que eles acham que vai acontecer não acontece, se surpreendem e passam a explorar o fenômeno.
  • Quando as previsões sobre os eventos revelam-se diferentes do esperado, os bebês exploram essa dissonância para aprender mais sobre o mundo ao seu redor.
  • Até o momento, a capacidade de aprendizagem humana havia sido subestimada, uma vez que as circunstâncias para esse novo e diferente tipo de aprendizagem já existem nos bebês.

Com todos esses dados, ainda permaneceremos ancorados aos velhos paradigmas da aprendizagem humana?

Fonte noticias.r7.com/saude

Os 10 princípios para a vida, de acordo com os índios americanos

Os princípios para a vida dos índios americanos foram elaborados para garantir o bem-estar das próximas sete gerações. Portanto, eles não são orientados apenas para cada indivíduo no presente, mas são projetados para o futuro.

A nota predominante nesses princípios de vida é o respeito e a valorização das pessoas e do meio ambiente. É também uma exaltação dos valores associados à honestidade e generosidade.

“Quando o sangue de suas veias retornar ao mar, e a poeira de seus ossos retornar ao solo, talvez você se lembre de que esta terra não lhe pertence, mas você pertence a esta terra”.
– Provérbio Sioux –

Os índios americanos, assim como outras comunidades, davam uma grande importância à vida coletiva. Por isso, valorizavam as diretrizes de comportamento que garantissem uma convivência harmoniosa. Podemos aprender muito com eles. Esses são os princípios de vida que eles estabeleceram.

1. Trate a Terra com respeito

Tratar a terra com respeito significa, fundamentalmente, não a poluir ou deteriorar. Busque todos os meios para preservar a sua integridade.

Isso implica, fundamentalmente, cuidar dos resíduos que emitimos, sejam eles sólidos, líquidos ou gasosos. A terra é a nossa casa, e se ela ficar doente, nós também ficaremos.

Os 10 princípios para a vida

2. Agradeça ao Grande Espírito por cada novo dia

O Grande Espírito pode ter um significado diferente para cada pessoa. Para alguns será um deus específico, para outros a própria natureza ou o conceito de vida, em um sentido universal.

O que os índios americanos nos convocam a fazer é agradecer diariamente pela vida. Esta não é mais uma ação, mas o ponto de partida para cultivar uma atitude global saudável.

3. Honre a sua palavra

Um dos princípios para a vida mais importantes dos nativos americanos é o respeito pela palavra. Isso está muito desvalorizado no mundo de hoje.

É importante ter consciência de que atos de comunicação são apenas isso: atos. Equivalem a fatos e, portanto, não devemos perder de vista as suas consequências.

4. Trabalhar em conjunto, um dos princípios para a vida

Os seres humanos são gregários por natureza. De uma forma ou de outra, precisamos uns dos outros e nos tornamos mais fortes quando aprendemos a trabalhar juntos.

Um bom trabalho em equipe é muito mais satisfatório, fortalece os laços e gera melhores resultados. Aprender a cooperar é uma meta louvável e necessária.

Equipe de trabalho

5. Pegue apenas o necessário

Isso vale para uma ampla variedade de situações. É um apelo à moderação e ao equilíbrio. Temos necessidades físicas e mentais e podemos satisfazê-las sem ter que ir além.

O excesso, mais cedo ou mais tarde, leva ao sofrimento, à doença ou à exaustão. Os índios americanos consideram que este é um dos princípios de vida que garantem a saúde física e emocional.

6. Toda vida é sagrada

A vida não deve ser vista simplesmente como um fato biológico. Você ameaça fisicamente a vida de outra pessoa, mas também pode ameaçar a sua vida psicológica.

O outro é sagrado e, portanto, é imprescindível a atuação para preservar a sua integridade e existência. Este princípio se estende a todas as formas de vida.

7. Cuide do bem-estar do corpo e da mente

O autocuidado é um ato de amor próprio e constitui um dos princípios de vida do qual depende o nosso bem-estar. Uma boa saúde é condição fundamental para desfrutar plenamente de todo o resto.

Cuidar do bem-estar significa evitar hábitos ou ações que possam nos deteriorar ou nos colocar em risco de alguma forma. Faça tudo o que for necessário para recuperar a saúde, quando a perder.

8. Faça o que você deve fazer para o bem de todos

O bem coletivo é uma meta que todos nós devemos compartilhar. Ao fazer o bem aos outros, também estamos fazendo o bem a nós mesmos.

Não é possível construir o bem-estar individual, se ao mesmo tempo não construirmos o bem-estar coletivo. Os problemas e sofrimentos dos outros, de uma forma ou de outra, também acabam nos atingindo.

9. Siga os ritmos da natureza

Este é um dos princípios para a vida que muitas vezes não é bem compreendido. Tem a ver com a sincronia que devemos estabelecer com o nosso ambiente natural e com a nossa condição biológica.

Envolve a adaptação às diferentes idades, aos ciclos diurnos e noturnos, às condições do contexto em que vivemos, etc. A palavra-chave é adaptação, juntamente com uma atitude de flexibilidade.

Mulher respirando profundamente

10. Aproveite a jornada da vida, mas não deixe rastro

Os índios americanos acham que é bom ser leve ao longo da vida. Assim como você tem que saber estar presente, também tem que aprender a se diluir. Não deixar rastro significa não tentar tornar o ego mais importante do que as próprias ações. Levar-se muito a sério só nos leva a limitar o prazer da existência.

Todos esses princípios para a vida são um guia que pode ser perfeitamente aplicado por qualquer pessoa. Eles resumem a filosofia dos nativos americanos, que é orientada para exaltar a vida em comunidade, a honestidade e o bom senso. São um catálogo interessante para consultar se sentirmos que perdemos o rumo.

Fonte noticias.r7.com/saude

SPTrans fecha posto central de atendimento em fase emergencial

O Posto Central de Atendimento da SPTrans (São Paulo Transporte) ficará fechado durante a fase emergencial do Plano São Paulo, que começa nesta segunda-feira (15) e vai até o dia 31, para conter o avanço da pandemia de covid-19.

Os locais que realizam atendimento específico para gratuidades a idosos, pessoas com deficiência, gestantes e obesos, localizados nas subprefeituras e unidades do Descomplica SP, também permanecerão fechados.

Já os postos de atendimento aos usuários Comum, Vale-Transporte, Estudante e Professor localizados nos terminais de ônibus e estações de transferência, vão funcionar todos os dias, das 6h às 19h.

Nos horários em que os postos estiverem fechados, a compra de créditos pode ser feita via aplicativo, máquinas de autoatendimento, rede credenciada, lotéricas e Banco do Brasil.

Há exceções no horário de funcionamento. O posto Jabaquara, localizado na estação do Metrô, funciona das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira, enquanto as unidades Santana e Augusta ficam abertas de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Por causa dos fechamentos, segundo a prefeitura, os canais digitais de atendimento da SPTrans como o site, chat e Facebook, também o SP156 e e-mails de atendimento da Loja Virtual e Apoio Escolar, terão as equipes ampliadas para garantir a prestação dos serviços de forma online.

Fonte noticias.r7.com/saude

Autor de projeto contra vacinação obrigatória morre de covid-19

O deputado estadual Silvio Antônio Fávero (PSL), do Mato Grosso, morreu na tarde deste sábado (13) em Cuiabá, aos 54 anos, em decorrência da covid-19.

O parlamentar é autor de um PL (projeto de lei) contra a obrigatoriedade da vacinação, questionava medidas de isolamento social para contenção da pandemia e compartilhava postagens do presidente Jair Bolsonaro contra as restrições na circulação de pessoas.

O PL foi apresentado em 14 de dezembro de 2020 e visa “assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação contra a COVID-19 no âmbito do Estado de Mato Grosso”. No caso de menores de 14 anos de idade, os pais e/ou responsáveis poderão escolher ou rejeitar a aplicação da dose.

“O projeto visa também evitar que a vacinação seja compulsória, eis que, atualmente, subsiste insegurança quanto à eficácia e eventuais efeitos colaterais das vacinas, onde apresentam um risco que, sem dúvida alguma, é irreparável, já que os efeitos a curto, médio e longo prazo da vacina são desconhecidos, a obrigatoriedade de ser vacinado se mostra inconstitucional, já que colocará vidas em risco”, diz trecho da justificativa da proposta.

As informações no projeto de lei estão incorretas, uma vez que qualquer imunizante submetido ao crivo da Anvisa (agência reguladora) necessita apresentar segurança e eficácia para ser aprovado.

De acordo com a família do deputado, “o quadro de saúde se agravou nesta madrugada chegando ao quadro de infecção generalizada”. Ele havia sido internado em 4 de março.

“A família do deputado estadual Silvio Fávero agradece por todas as orações e manifestações positivas pelo pai, filho, marido, amigo, servidor Silvio Fávero, que deixa um grande legado de trabalho, alegria e amor pela vida por onde passou. Silvio Fávero deixa muitos amigos, muito serviço prestado por Mato Grosso, sua mãe Angélica, esposa Katia e três filhos: Gabriel, Gustavo e João Ricardo”, postou a assessoria de comunicação do parlamentar em uma rede social.

Em nota, o governo de Mato Grosso lamentou a morte de Fávero e irá decretar luto oficial de três dias, que será publicado no Diário Oficial do Estado.

“Fávero deixou sua marca na história de Mato Grosso, lutando por aquilo que acreditava ser o certo. Um companheiro do Estado na busca das melhores condições para os mato-grossenses. Eu e minha esposa desejamos força neste momento de luto à toda família e que Deus possa abençoa-lo e recebe-lo de braços abertos”, afirmaram em nota o governador Mauro Mendes (DEM) e a primeira-dama Virginia Mendes.

O presidente da mesa diretora da ALMT (Assembleia Legislativa do Mato Grosso), deputado Max Russi (PSB), também manifestou pesar pela perda do colega na Casa. “Silvio foi um grande parlamentar, um dos mais atuantes da Casa de Leis. Dedicado, militante e um líder que sempre colocou o espírito público antes de tudo. Que Deus o receba em sua Glória e que traga todo conforto aos corações da família, amigos e colegas. Com certeza, o Parlamento mato-grossense perde muito com essa tragédia”, disse em nota.

Fonte noticias.r7.com/saude

Nostradamus: o profeta mais famoso

Na França do século XVI, um médico de origem judia chamado Michel de Nostradame alcançaria fama notável a ponto de ser um convidado constante nas cortes europeias. Seus nada irrelevantes dons de cura lhe geraram um reconhecimento amplo. Sim, estamos falando do profeta Nostradamus.

Naquela época, a medicina estava longe de ser uma ciência claramente delimitada, como acontece atualmente. Os limites dela com várias outras áreas do saber eram tênues. Entre os antepassados de Nostradamus houve médicos e astrólogos, e o próprio profeta aprendeu ambas as práticas, bem como a elaboração de medicamentos e cosméticos.

As previsões e adivinhações inspiradas pelos astros não eram, nessa época, consideradas heresias. Para todos os efeitos, era o mesmo Deus que revelava os astros para que pudessem ser interpretados. Michel tirou vantagem disso, chegando a servir Catarina de Médicis e Henrique II, da França. Com o tempo, a lenda de Nostradamus superou sua atuação como médico e, até hoje, suas profecias são examinadas de maneira minuciosa por seus seguidores.

Tempos turbulentos

Até certo ponto, Nostradamus é uma cria da sua época. Nos séculos XV e XVI, ocorreram diversos fatores que impulsionaram a sua ascensão.

Por um lado, a peste assolou a Europa e transformou o dia de amanhã numa incerteza cada vez maior. Aos mortos se somavam as más colheitas e as guerras religiosas contínuas, de modo que qualquer auxílio na previsão do futuro era valorizado. De fato, a peste golpeou Nostradamus com força, levando embora sua primeira esposa e filhos e o impedindo de concluir sua formação em Avignon. 

Por outro lado, o Renascimento ainda se encontrava entre duas eras. Tanto nas cortes quanto nos espaços urbanos, artistas e pesquisadores se multiplicavam, e esses profissionais eram menos dependentes do poder da religião quando comparado à situação na Idade Média.

Durante esse período de desenvolvimento científico desenfreado, também cresceu o desenvolvimento não-científico desenfreado, permeado das superstições mais comuns. Com frequência, o mesmo autor costumava assinar obras científicas e supersticiosas.

“Um imperador nascerá perto da Itália,
e custará muito caro ao império,
lhe dirão com quem se aliar,
e mais a um açougueiro do que a um príncipe ele parecerá.”


-Centúria I, quadra 60, Nostradamus. Supostamente se referindo a Napoleão- 

Profecia de Nostradamus

A carreira estelar do profeta Nostradamus

Após concluir seus estudos médicos em Montpellier, Nostradamus continuou sua formação de maneira errante. A peste certamente marcou sua biografia, uma vez que ele trabalhou de modo incansável contra este mal, inclusive antes de obter sua graduação. Certamente, estes trabalhos foram inspirados pela sua própria tragédia pessoal.

As viagens que ele fez lhe permitiram conhecer uma ampla variedade de pomadas e métodos de prevenção, o que fez com que ele se tornasse um especialista requisitado em todas as cidades francesas onde surgissem novos surtos.

Foi nessa época que ele começou a publicar seus almanaques, certamente impulsionado pela sua respeitabilidade. Estes almanaques eram calendários que continham todo tipo de previsões inspiradas pelas estrelas, para cada ano.

Entre a guerra e a peste, numa sociedade extremamente dependente da agricultura, as previsões para as colheitas eram muito solicitadas. Chegando a conter previsões climáticas, os almanaques precederam nossa ciência meteorológica atual, com a ressalva de não ter contado com nenhum tipo de método científico.

Junto a esses textos, somam-se os já mencionados trabalhos sobre cosmética e botânica, que incluíam desde óleos terapêuticos a perfumes e filtros de amor. Com tamanha versatilidade, ele era o médico desejado por qualquer corte.

O trabalho profético de Nostradamus

De todas as suas obras, as mais lidas e estudadas são, sem dúvidas, as Centúrias. Escritas em quadras agrupadas em centenas, elas foram profecias informadas pelas estrelas.

Embora elas não contenham a data da profecia, o ano limite para todas elas é 3797. Há especulações para vários séculos e, embora as datas não sejam específicas, após todas as profecias, viria o apocalipse. Previsões para depois disso ficaram fora da capacidade do autor.

Não faltaram pessoas, em sua época e nos dias de hoje, que tentassem interpretar as quadras de Nostradamus. As temáticas dos textos são ricas e variadas, cobrindo desde desastres naturais a guerras, passando por nascimentos marcantes e descobertas científicas.

“Do interior mais isolado no Ocidente europeu,
um filho de pessoas pobres nascerá,
seu discurso seduzirá as massas,
e sua fama no Oriente crescerá.”


-Centuria III, quadra 35, Nostradamus. Supostamente se referindo a Hitler-

Busto de Nostradamus

Nostradamus realmente era um profeta?

Nostradamus também quis nos deixar os segredos da adivinhação. Em suas correspondências pessoais, porém, o profeta inseriu um pequeno entrave: para evitar “dar pérolas aos porcos”, ele escreveu suas Centúrias usando “frases ocultas e enigmáticas”.

Não sabemos se a intenção do autor era enganar seus leitores, da mesma forma que não podemos saber se muitos de seus seguidores estavam dispostos a contribuir para um engano sugestivo. De toda forma, as quadras são tão ambíguas e genéricas que é possível associá-las, ao mesmo tempo, a vários acontecimentos históricos ou a nenhum.

Pode ser que a vida e a obra de Nostradamus nos ensine muito, ou nada, do que o futuro trará, mas de toda forma, os escritos são uma forte lição sobre o poder da sugestão humana.

Fonte noticias.r7.com/saude

A resistência ao trabalho autônomo

Ter um trabalho autônomo é uma opção à disposição de qualquer pessoa que saiba realizar alguma atividade profissional. Porém, muitos são os que resistem a este tipo de opção, mesmo que estejam desempregados há muito tempo ou não tenham um rendimento que lhes permita viver com alguma tranquilidade.

Parece que o fato de pertencer a uma empresa já estabelecida e ter um chefe lhes dá mais tranquilidade, segurança ou bem-estar psicológico, apesar do seu trabalho não lhes oferecer realmente uma opção de se projetarem e alcançarem um maior equilíbrio econômico. Embora seja verdade que o trabalho autônomo envolve riscos, também é verdade que esses riscos são controláveis ​​e administráveis.

O aspecto positivo de ser autônomo é a possibilidade de decidir por si mesmo.
-Juan Ignacio Jiménez-

Parece que a relutância em ser autônomo tem mais a ver com certas percepções sobre o trabalho autônomo do que com possibilidades ou limitações reais. Isso é influenciado, sobretudo, por aspectos de ordem psicológica e cultural. Vamos examinar com mais detalhes.

Mulher preocupada com o trabalho

O dilema do trabalho autônomo

A decisão de trabalhar por conta própria implica a resolução de um dilema: autonomia vs. incerteza. Em geral, a maioria das pessoas aprecia a autonomia no trabalho. Geralmente, pensam que poderiam tirar mais proveito do trabalho, do seu tempo ou da própria vida se elas pudessem comandar a sua atividade. Gerenciar seus horários, decidir suas prioridades, etc.

Ao trabalhar por conta própria, você tem essa autonomia. Porém, por outro lado, o trabalhador também está exposto a grandes incertezas. Nenhum empreendimento é garantia de sucesso a longo prazo. Da mesma forma, à medida que se atinge uma maior independência, aumenta o nível de responsabilidade e o compromisso de decisão.

Este último aspecto talvez seja o que mais influencia a resistência à independência no ambiente de trabalho. É sempre mais fácil que outra pessoa decida e arque com as consequências das decisões. Também é mais fácil para outra pessoa carregar o fardo da incerteza. É preciso dizer que qualquer empresa, por mais sólida que seja, pode acabar mal. Isso inclui grandes indústrias, grandes bancos, etc.

A “segurança” do trabalho assalariado

O sonho de muitos é conseguir um bom emprego assalariado, em uma empresa forte que está prosperando e garante um futuro próspero de longo prazo. Esse esquema paternalista é uma opção a que apenas uma minoria da população tem acesso. Eles não são necessariamente “os melhores”, pois isso é influenciado por vários fatores aleatórios.

Quem vem de famílias ricas ou circula em círculos com muito dinheiro tem mais chances de conseguir um excelente trabalho assalariado devido aos seus contatos, e não necessariamente à sua formação ou talento.

Além disso, às vezes os mecanismos de seleção não são necessariamente operacionais. Por exemplo, uma empresa pode preferir pessoas mais jovens (ou mais velhas ou qualquer outra coisa) porque isso está de acordo com as suas políticas. Na verdade, alguém com um grande talento pode não se encaixar nesses critérios.

Portanto, procurar esse ótimo emprego pode ser uma opção muito limitada. Da mesma forma, mesmo que isso seja alcançado, a economia mundial é instável. A demissão de trabalhadores é uma das medidas mais comuns quando há uma crise. Na maioria dos empregos assalariados, também não há certezas definitivas.

O independente e o empresário

O independente e o empreendedor

É claro que, para ser empreendedor, você precisa de um talento específico. Nem todo mundo precisa ser um grande empreendedor para trabalhar por conta própria.

O empreendedor busca crescer, expandir, capitalizar. O autônomo não quer isso necessariamente. Em vez disso, ele está procurando gerar renda de forma independente. Esta é uma modalidade de negócio, mas não implica a constituição de uma nova empresa.

Idealmente, uma pessoa decide trabalhar de forma independente por prazer e convicção, não por necessidade. Infelizmente, muitos se deparam com essa opção somente depois de muito pesquisar e não encontrar o emprego dos seus sonhos. Esse é outro fator importante que implica resistência. Supõe-se que seja uma alternativa disponível apenas para um momento de precariedade, quando não é bem assim.

Às vezes, só aprendemos a nadar quando caímos no rio. Descobrimos então que este é um aprendizado definitivo e acabamos até gostando. O mesmo se aplica ao trabalho autônomo. É uma opção real, que pode abrir muitos caminhos.

Quando não temos emprego, mas ainda resistimos a começar um trabalho autônomo, seria bom nos perguntarmos se o que nos impede é o medo, o preconceito, ou a falta de confiança em nós mesmos.

Fonte noticias.r7.com/saude