A tendência E-girl, saiba tudo sobre esse novo estilo

E-girl

Se você é amante das redes sociais e se considera uma pessoa conectada, já viu ou conhece alguma garota e-girl ou algum e-boy da rede social. As e-girls possuem um estilo bem marcante, geralmente com peças chaves como saias e meia arrastão, compreendendo peças de sua maioria escuras. As roupas geralmente são uma mistura de peças típicas dos anos 90 e de estilos mais atuais.

As e-girls adoram abusar de acessórios, como anéis, pulseiras, cordões e principalmente piercings, possuindo um conceito de estilo totalmente aesthetic. As maquiagens também são importantes para a composição do estilo, com traços fortes ou “fofos”. O cabelo das e-girls em sua maioria são curtos ou cabelos longos de pontas coloridas, lembrando da onda de cores de aparelho diferentes. Com referências emo e góticas, compreendem principalmente a geração que nasceu nos anos 2000, que já vem de ramificações como gamers, otakus e geeks. Saiba mais sobre esse novo estilo e suas particularidades:

O que é e-girl?

As e-girls compreende a mais nova tendência de estilo vinda da internet e mediada pelos seus influencers. Com suas referências ao emo do começo dos anos 2000, são comumente amantes de jogos eletrônicos e de peças escuras e de contraste pesado. Antes da nova onda, o termo “e-girl” deixou de ser algo negativo e começou a nomear o conceito de eletronic girls que está bombando no TikTok; plataforma de vídeos curtos. A #egirl do aplicativo conta com milhares de postagens com grande número de visualizações que mostra desde transformações aos famosos challenges da rede social.

Os looks das e-girls

Responsáveis por chamarem forte atenção ao seu estilo pesado, com peças de roupa e acessórios de cores escuras, o look das e-girls é marcado também por cabelos com degradês e pintados por duas ou mais cores. A maquiagem compreende um delineado escuro e grosso ao redor dos olhos, abuso do uso do blush rosa; para reforçar a imagem “fofa”, além da finalização com sombras diferentes, com a presença de fortes cores e traços. As sombras das e-girls são comumente coloridas, possuindo desenhos no rosto.

As blusas de banda são outra característica das e-girls que voltaram de tendências já existentes, no caso a onda rock e grunge. Essa particularidade do estilo também é vista no conceito emo dos anos 2000 e que é sua principal referência. As camisas são geralmente longas e da cor preta, e são combinadas as correntes e cintos que são acessórios que não podem faltar na combinação das eletronic girls. O gosto musical tem como musas as cantoras Avril Lavigne e Billie Eilish, que são consideradas percussoras dessa tendência.

Peças de roupas com estampas geométricas também são a referências do emo para esse estilo; tule e cores neon trazem um ar contemporâneo ao look. As pochetes, os chokers, os pompons e os óculos chamativos também voltaram com tudo, e as cores podem variar entre tons pastéis até os pesados, que é a chave do contraste que marca o estilo. Peças xadrez também possuem força, além de acessórios comuns do estilo punk.

E-girls vs VSCO girls e soft girls

As E-girls, mesmo se assemelhando a outros estilos, tanto passados como atuais, possui as suas características delimitadas. Mesmo que geralmente entrem na identificação de soft girls e VSCO girls, pode se afastar desse movimento uma vez que esse conceito possui geralmente um visual mais simples e clean, mais comum e menos chamativo, e que lembra o conceito posteriormente chamado “Tumblr girls”.

As soft girls são reconhecidas pelo seu conceito limitado no fofo e infantil até certo ponto, de grande semelhança para com as “baby girls”. Abusam de roupas juvenis, como vestidos coloridos e saias, além de aderirem constantemente o rosa, tonalidades pastéis, que são o que reforça o traço infantil. Já as VSCO girls possuem um estilo mais vivo e descontraído, perpetuando uma vibe praiana. Os tons pastéis, as bijuterias de conchas e a mochila Fjallraven são características marcantes.

Como aderir esse estilo?

Antes de se aventurar em um estilo diferente você deve ter o seu ponto inicial para realizar a mudança. Procure sempre por referências fixas de estilo para não se misturar e não mude de estilo por tendências, vista sempre o que se identifica e o que te faz se sentir confortável. Para quem quer se sentir melhor consigo mesma, a mudança de estilo pode ajudar; cortar o cabelo e reformular o guarda roupa são ações que podem fazer com que você leve mais em conta os seus gostos e se conheça mais.

A diversidade cultural no Brasil: conheça suas raízes

diversidade cultural

A diversidade cultural se trata dos diversos costumes que abrangem uma sociedade, seja culinária, modo de vestir, tradições, manifestações religiosas, entre demais fatores. No Brasil, a variedade de culturas se deve, principalmente, ao período de colonização, que misturou europeus, indígenas e africanos em um mesmo lugar. Saiba mais sobre a diversidade cultural brasileira a seguir:

Diversidade Cultural e a globalização

A diversidade cultural é o agrupamento de diversas vivencias por um grande número de pessoas, que podem está em um mesmo município ou um mesmo país, porém que ainda compreendem suas particularidades, hábitos sociais e crenças dos demais. Esse fator está presente em toda a sociedade humana, uma ver que conseguimos nos renovar e formular nossa identidade própria a cada dia, mesmo que sejamos frequentemente influenciados por relacionamentos, por diferentes grupos e fontes.

A globalização, por sua vez, é um processo que compreende a otimização das relações entre todo o globo, na vertente social, cultural, política ou econômica. Entretanto, o seu maior efeito é a relação de mercado que abrange diversos países. Esse processo se refere a maneira como os mercados de diferentes países e localidades se relacionam, seja por pessoas ou pelo embarque de mercadorias. Fatores como as tradições, produtos e comida típica, e os próprios costumes podem agora está presentes em outros pontos do globo, tudo por causa da globalização e de suas trocas de informações.

Com isso, entra o debate sobre como a globalização é capaz de lapidar a cultura e a identidade de cada pessoa, independente de em que lugar ela esteja. O efeito da globalização é amplificar os gostos do indivíduo, sendo capaz de trazer e levar identidades culturais e de oferecer uma maior liberdade de escolha. O Brasil é um dos países mais impactados por culturas de outros países, tendo em vista a sua forte influencia imigratória.

diversidade cultural no Brasil

 

A diversidade cultural no Brasil

Como dito, o Brasil é um dos países com a maior carga cultural de países estrangeiros, vindas com os colonizadores europeus, escravos e imigrantes. Cada um desses grupos e suas subdivisões possuíam sua própria cultura, ideais e maneiras de ver o mundo, fazendo do Brasil o berço de uma imensa diversidade cultural.

Porém, todas essas divergências levaram a estranhamentos e choques culturais, e assim ao preconceito. Apesar dessa consequência, todos os problemas que se sucederam, poderiam ser evitados através da procura pelo entendimento cultural do próximo e a aceitação de que diferentes origens, diferentes experiências levam naturalmente as diferenças culturais.

Outra característica do território brasileiro é a que cada região que o compreende possui uma cultura predominante, se diferenciando das demais. A diversidade cultural do Brasil então se enriquece ainda mais pelas tradições, pela culinária, pela cultura de cada região.

Diversidade cultural nas regiões do Brasil

Região Norte

A região norte é a região de maior extensão territorial, um dos fatores que permitem uma cultura rica e diversa. Dentre demais fatores estão a mistura de diferentes povos, principalmente de diferentes povos indígenas pela região amazônica. Essa forte presença cultural é perceptível nos pratos típicos e nos festivais anuais. Dois importantes e característicos festivais da região norte são o Festival de Parintins e o Círio de Nazaré.

O Festival de Parintins possui certa semelhança com o carnaval, por causa de suas fantasias, de seus enredos e alegorias. Uma forte característica é a famosa briga entre o “boi garantido” e o “boi caprichoso”. Já o Círio de Nazaré se trata de uma manifestação religiosa católica em devoção a Nossa Senhora de Nazaré, conseguindo reunir cerca de 2 milhões de presentes.

A culinária da região norte possui forte raiz indígena, principalmente pelo consumo marcante de mandioca e peixe. Dentre os pratos característicos dessa região estão o jambu, o tucupi e a carne de sol.

Região Nordeste

A região nordeste foi a origem de diversos fatos históricos importantes para a história do Brasil, uma vez que é o ponto que os colonizadores portugueses desembarcaram e começaram a desbravar primeiro. O estilo colonial marca grande parte dos estados nordestinos, chamando a atenção de turistas.

Uma das principais manifestações artísticas do nordeste é a literatura de cordel, famoso gênero literário montado em versos. Os textos são formulados em folhetos e pendurados em cordas, dando origem ao nome. Demais marcas da região são o bumba meu boi, o carnaval, o maracatu, frevo, festa de Iemanjá, ciranda, marujada e a simbólica lavagem das escadarias do Bonfim. E dentre as comidas típicas estão o vatapá, o acarajé, caruru, bolo de fubá, acarajé, canjica, tapioca, cocada, pamonha e também a carne de sol.

Região centro-oeste

A região centro-oeste é reconhecida por suas manifestações culturais, como a música, as festas e o artesanato característico, que possui técnicas indígenas. É uma região de grande diversidade, diversidade essa advinda dos povos indígenas e dos países com os quais faz fronteira; Paraguai e Bolívia.

Dentre as manifestações culturais mais conhecidas estão a cavalhada, o cururu e o fogaréu, e dentre as comidas típicas o angu, arroz com pequi, arroz boliviano, o cural e as refeições com peixe do pantanal.

Região sudeste

A região sudeste é uma das regiões mais ricas, desenvolvidas e populosas do país, possuindo sua mais forte característica cultural fora dos grandes centros urbanos. Originada da mistura de europeus, africanos e indígenas, possui como marca festividades em homenagem a santos padroeiros e eventos religiosos. Dentre essas festas estão o carnaval, o samba de lenço, caiapó, folia de reis e as festas do divino.

Na música, gêneros como bossa-nova, o samba e o funk se destacam e na culinária, pratos como a feijoada, o tutu de feijão, queijo minas, cuscuz paulista, moqueca capixaba e o feijão tropeiro.

Região Sul

A região sul foi originalmente habitada por povos indígenas, e com o passar do tempo por colonizadores portugueses e espanhóis, escravos africanos e imigrantes de diversas regiões da Europa Central e Oriental.  O clima frio favoreceu a preferência pela arquitetura europeia.

Com todas essas influencias, as manifestações culturais dessa região estão relacionadas aos imigrantes europeus, especialmente italianos e alemães. Os descendentes desses imigrantes mantêm suas danças, culinária e a arquitetura característica, cidades no estilo alemão, por exemplo, são comuns. A culinária é marcada pelo chimarrão, barreado, pirão de peixe e o vinho.

O teatro e a luta contra o preconceito

teatro

O teatro é uma das ramificações da arte, e é justamente esse fator artístico que é capaz de trazer aspectos da realidade de forma mais lúdica. Além de levar o cotidiano e o sentimentalismo aos palcos, o teatro também é capaz de levar assim os problemas sociais enraizados. É através das diferentes perspectivas retratadas e da ligação ao emocional que o tetro consegue de uma forma mudar a visão do espectador e a forma que ele vê o mundo.

O teatro consegue dessa forma nos trazer uma série de valores, como o respeito, a empatia, a cidadania e a aceitação das diferenças. É dessa forma que ele atua no combate ao preconceito, a discriminação e a violência resultante. Leia mais:

O teatro e a sua importância a cultura

Essa forma de expressão artística é uma das mais antigas manifestações da cultura humana. O teatro nos mostra, por meio das interpretações dos atores, questões que vivenciamos no contexto atual, conseguindo atuar assim, como forma de protesto e crítica a alguma situação, instituição ou pessoa, ou até mesmo tratando uma situação da atualidade de um âmbito diferenciado.

É justamente por esse motivo que fez com que essas apresentações fossem perseguidas por muito tempo por autoridades que tinham como intenção, banir a liberdade de expressão, e consequentemente a cultural. Toda essa caçada fez com que o teatro se tornasse também uma atividade de fins intelectuais.

O teatro e o combate ao preconceito

Com o reconhecimento de sua enorme bagagem intelectual, o teatro foi gradualmente ganhando importância na cultura popular. Os papéis desenvolvidos com referências da filosofia e com alto fator argumentativo influenciavam positivamente na capacidade mental e de formulação do senso crítico dos atores, e assim também no público das peças.

Foi vendo esse retorno e da força dessa comunicação, os grupos de teatro começaram a aderir vários temas importantes, e um dos mais abordados é o preconceito. Infelizmente, ainda precisamos da intervenção da cultura em assuntos como a diversidade, seja étnica, sexual e de gênero, uma vez que a ignorância ainda possui espaço.

O papel educacional do teatro

O teatro também é uma importante fonte educativa, é através de suas apresentações o estudante e qualquer pessoa consegue se desenvolver e perceber a sua importância em nível social, escolar e acadêmica. O fator artístico das peças também é relevante para a melhora de sua capacidade interativa e criativa. A melhora da comunicação do atuante é evidente, seja na fala ou na formulação de ideias e argumentos.

Com isso, a forma com que os relacionamentos sociais se amadurecem e a forma com que se é bem mais fácil criar laços interpessoais também é perceptível, e isso é essencial para o bom desenvolvimento das novas gerações. Nessas relações, os ensinamentos advindos do teatro são passados e levados em conta no cotidiano.

Portanto, a importância do teatro na conscientização de problemas sociais, como o preconceito, e no melhor desenvolvimento de pessoas é inegável, evidenciando que essa manifestação artística influencia diretamente na formação de uma sociedade mais virtuosa, respeitosa e rica culturalmente.